Perder peso pode ser uma tarefa difícil, você tem que equilibrar uma boa dieta, bons suplmentos como o Womax que é um emagrecedor que unido com uma prática esportiva moderada; mas perder peso não é só queimar calorias, é aprender a comer e a ter uma rotina saudável.


A utopia desejada por todos é poder perdê-lo, sem a necessidade de ter restrições em comida. Para isso, a doutora Paula Rosso, especialista em nutrição do Centro Médico Lajo Praça nos dá as dicas para conseguir:


1. Antes de dormir, dois copos de água: de acordo com um estudo da Sociedade Americana de Química, este gesto previne a obesidade e aumenta a perda de peso.


2. Dorme sesta sempre que puder: sem o descanso adequado, o organismo não pode completar seus processos depurativos e regenerativos. Dormir a sesta, em um contexto de alimentação saudável e vida ativa, sim, seria de grande ajuda na hora de perder peso.


3. Sol: sim é certo é que o défice de vitamina D está relacionada com o excesso de peso e acúmulo de gordura na região do abdômen. A vitamina D é lipossolúvel, ou seja, se acumula na gordura e há estudos que demonstram que a ação desta vitamina, juntamente com o cálcio estimulam o adipocito a utilização de gordura como fonte de energia. Por isso, é importante tomar entre 1000 a 4000 UI UI por dia. Bastam 20 minutos de exposição moderada ao sol dia.


4. Come picante: o picante, por um lado, contém capaisina, que tem efeito termogênico e, por outro, gera um efeito saciante.


5. “A dupla <


>”: pepino e grapefruit. Substitua o suco de laranja pelo de toranja. Rica em pectina, essa fruta ajuda a metabolizar as gorduras, em especial, quando tomado em jejum. O pepino, por sua vez, ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue, devido ao seu baixo índice glicêmico. Graças ao ácido tartronico inibe a transformação de hidratos de carbono em gordura.


6. A fruta, melhor entre as refeições: se você não pode renunciar a ela como sobremesa, as melhores opções são o kiwi e abacaxi. O kiwi contém uma enzima proteolítica chamada actidina, que, tal como acontece com a bromelaína de abacaxi, ajuda a disgregar as proteínas e favorece a digestão.


7. De sobremesa, uma infusão: por exemplo, o chá verde é perfeito, porque é um grande antioxidante por seu alto teor de catequinas e isoflavonas e, além disso, tem efeito depurativo. O mesmo acontece com o dente-de-leão, de ação detoxificante ou com o cardo mariano, que previne a peroxidação dos lipídios.


8. O melhor chocolate preto: é hipercalórico mas é fundamental, devido ao seu elevado teor em zinco, para reforçar o sistema imunitário e reduzir a inflamação. Nunca com leite, que é mais rico em gorduras e açúcares. A hora ideal seria à tarde, já que traz triptofano, um precursor da serotonina, o hormônio da felicidade e da saciedade.


9. Proteus-jantar: jantar apenas proteínas é uma boa costume, mas temos que tentar fazê-lo acompanhado de legumes de baixo índice glicémico. Há que evitar os hidratos de carbono, que são transformados automaticamente em acúmulo de adiposidade localizada.


10. Horário inglês: tenta adiantar uma hora os horários de suas refeições. Almoço à 1 da tarde e jantar às 8 é muito mais saudável e longa, nota-se na balança.


11. Sem gás, por favor: não engordam, mas podem inchar e causar distensão abdominal. Foge até da água com gás.


12. Use menos o micro-ondas: além de que devemos evitar os alimentos pré-cozinhados, há que ter em conta que submeter os alimentos a altas temperaturas faz com que estes percam vitaminas e princípios ativos.


13. Cozinha sazonal: quando encontramos, por exemplo, melões no inverno, isto quer dizer que foram submetidos a diferentes processos tecnológicos.


14. Momento pré-cama: um estudo diz que tomar 150 calorias na forma de proteína, 30 minutos antes de ir para a cama, estimula no metabolismo e aumenta a massa muscular. Tem sua lógica, nos fornece um aporte de aminoácidos que pode servir para construir massa muscular.


15. “Petiscos happy”: se você estiver indo para fazê-lo, é melhor optar por aqueles que provoquem uma queda de serotonina e endorfinas para que a alma não se feche. Os mais “felizes” são o aipo, brócolis, iogurte, aveia, amendoim e o espinafre.





15 truques para perder peso sem ter que fazer dieta
Rate this post