Barcelona recebe o ‘I Congresso de Mediação em Saúde, Estabelecendo Redes’, organizado pela Societat Catalana de Mediació em Saúde, entre os próximos dias 7 e 8 de junho.


Será Federico Mayor Zaragoza, atualmente presidente da Fundação Cultura de Paz, e que foi Director-Geral da Unesco, que dará a conferência de abertura, intitulada ‘A Mediação em Saúde como uma aposta no diálogo e à cultura de paz’.


Tal como destacou o presidente da Sociedade Catalã de Mediação em Saúde, Carles Garcia Roqueta, “as habilidades mediar já demonstraram ser uma ferramenta perfeita para preencher o vazio que existe na comunicação entre profissionais de saúde, paciente e de seu ambiente pessoal, é um modelo de resolução que está crescendo e a prova disso é a organização deste congresso”.


Além da inauguração, quinta-feira, 7 dar-se-á uma conferência de Maria Pilar Munuera Gomez, especialista em Mediação, apresentada pelo diretor-geral da Dret i Entitats Jurídiques do Dept de Justiça da Generalitat de Catalunya, Xavier Bernadí i Gil. Posteriormente será realizada a teatralización de um caso prático.


Depois será realizada uma mesa-redonda em que se apresentam Diferentes experiências nacionais e internacionais. Moderados por Rosa Heras Fortuny, coordenadora da Societat Catalana de Mediació em Salut (SCMS) participarão: Stella Alaball Giménez, mediadora da SCMS; João Luis Soto de Lanuza, do Serviço de Prevenção de Riscos Laborais., Madrid; e junto a eles ,Sarah Barclay, da Medical Mediation Foundation UK, uma organização que soluciona conflitos entre os profissionais da saúde e suas famílias e o italiano Roberto Ravinale, ceo da Sham, uma mútua italiana especializada em Responsabilidade Civil.


Quinta-feira termina com diferentes dinâmicas de consenso entre os participantes a propósito da elaboração do Manifesto de Mediação em Saúde, que será apresentado sexta-feira, 8.


A atividade de sexta-feira, centrar-se-á em diferentes palestras voltadas para a relação da Mediação em Saúde e as organizações. O psicólogo especialista em organizações, Joan Quintana, falará sobre como Construir relações de poderosas organizações para gerir conflitos.


Posteriormente, Beatriz Murillo Garcia e Cristina Martinez Vidal, ambas as transportadoras da SCMS, expostos Introdução aos sistemas. Para a Mudança de Paradigma, A implantação de sistemas para a prevenção, mediação e gestão alternativa de conflitos nas organizações de saúde.


A última mesa-redonda do Congresso estará dedicada a como integrar os pilares fundamentais da mediação nas organizações. A co-responsabilidade na génese e gestão de conflitos e as experiências das organizações de saúde.

Barcelona acolhe o I Congresso de Mediação em Saúde. Estabelecendo Redes’ da Societat Catalana de Mediació em Salut
Rate this post